A compreensão musical: Wittgenstein, ética e estética – Paulo C. Chagas

Resumo: A compreensão musical é um tema recorrente na filosofia de Wittgenstein. No Tratactus Logico-Philosophicus Wittgenstein afirma que “ética e estética são uma só (TLP 6.421); elas pertencem ao domínio do que não pode ser dito, mas simplesmente mostrado. Nas Investigações Filosóficas Wittgenstein muda o foco da sua filosofia da lógica para a gramática da linguagem. A música funciona como um jogo de linguagem, um objeto de comparação para uma reflexão sobre a compreensão da linguagem e a compreensão em geral: “A compreensão de uma frase da linguagem é bem mais aparentada com a compreensão de um tema na música do que se acredita” (PU §527).
A partir da filosofia de Wittgenstein, este artigo propõe investigar a compreensão musical baseada na idéia de que música é uma “manifestação da vida do homem” (VB 550), a qual só pode ser descrita no contexto da rede de jogos de linguagem na qual está embutida e que remete à totalidade de formas de vida à qual está associada. A filosofia de Wittgenstein rejeita a ilusão do pensamento científico como explicação para o mundo e busca a clareza do pensamento; ela nos fornece os instrumentos para entender as estruturas e processos da criação musical contemporânea.
Palavras-chave: Wittgenstein. Música. Linguagem. Compreensão. Ética. Estética.

Musical Understanding: Wittgenstein, ethics and aesthetics

Abstract: Musical understanding is a recurrent theme in the philosophy of Wittgenstein. In the Tratactus Logico-Philosophicus Wittgenstein affirms that “ethics and aesthetics are one and the same” (TLP 6.421); they belong to the domain of the things that cannot be said but only showed. In the Philosophical Investigations Wittgenstein shifts the focus of his philosophy from the logic to the grammar of the language. Music functions as a language-game, a comparison object for a reflection on the understanding of language and understanding in general: “Understanding a sentence is much more akin to understanding a theme in music than one may think” (PU §527).
Focusing on the philosophy of Wittgenstein, this papers proposes to investigate musical understanding based on the idea that music is a “manifestation of the life of mankind” (VB 550) that can only be described in the context of the network of language games in which it is embedded and which refers to all forms of life to which it is associated. Wittgenstein’s philosophy rejects the illusion of scientific thinking as an elucidation of the world and seeks the clarity of thinking; it provides us with the tools for understanding the structures and processes of contemporary musical creation.
Keywords: Wittgenstein. Music. Language. Understanding. Ethic. Aesthetics

Fonte: Chagas, Paulo C. A compreensão musical: Wittgenstein, ética e estética. In: ENCONTRO INTERNACIONAL DE TEORIA E ANÁLISE MUSICAL, 3., 2013, São Paulo. Anais… São Paulo: ECA-USP, 2013. [PDF]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: